SETOR DE TIC PAGA ADIANTADO
20,5% DAS FATURAS

Publicado em julho de 2018 

A plataforma de antecipação de recebíveis WEEL apurou que o segmento de reparos e manutenção de TIC (sistemas de informação e comunicação) foi o que menos recorreu à negociação de faturas ao longo do mês de maio, financiando apenas 5,2% de seus títulos a receber.  No mesmo segmento, a WEEL também constatou a maior taxa de pagamentos adiantados, com 20,5% das faturas a receber sendo quitadas antes da data limite.

Em situação inversa,  e refletindo o mal momento da indústria, o setor de manutenção e instalação de maquinários foi o que mais recebeu em atraso, com a taxa de perda de prazo atingindo 24% das faturas.

Entre os segmentos que mais recorreram ao factoring, o setor de serviços administrativos e complementares (que engloba as atividades como, por exemplo, telemarketing, vigilância e limpeza) foi o primeiro colocado do mês, tendo negociado a antecipação de 23% das faturas.

A apuração desses índices é feita a partir de milhares de operações envolvendo todos os setores da indústria na conversão de duplicatas em capital de giro por parte de clientes da WEEL. Fundada há quatro como a primeira fintech de fomento mercantil operando em ambiente de big data, a WEEL atualmente dispõe de garantias bancárias de R$ 300 milhões para empréstimos sobre faturas.

Saiba mais sobre WEEL: https://weel.com.br/

 

Contato para Imprensa:

Miriam Sanger

miriam@weel.com