O que são Títulos em Atraso?

Ao realizar uma venda, a empresa emite uma duplicata (também conhecida como boleto ou recebível) para ser paga na data combinada durante a negociação. No entanto, quando há problemas no fluxo de caixa da empresa pagadora, o pagamento pode ser atrasado – e o título é considerado “em atraso”. É bastante comum no mercado nacional o “repasse” de títulos de crédito (duplicatas e cheques, por exemplo) para factorings ou outras empresas de fomento em troca da antecipação da quantia a ser recebida. Essa operação é conhecida como “antecipação de recebíveis”. Para aceitá-la, a factoring calcula uma taxa por esse serviço, que inclui o cálculo do risco de calote. Segundo a regra do Banco Central, a empresa torna-se inadimplente quando o atraso no pagamento do título é superior a 90 dias.