O que é Fluxo de Caixa?

Fluxo de Caixa é um controle financeiro onde são registradas todas as entradas e saídas de dinheiro da empresa. Seu objetivo é permitir ao empresário prever sobras ou faltas de recursos e tomar melhores decisões sobre gastos e investimentos no negócio.

Qual a importância do fluxo de caixa?

O controle do fluxo de caixa é importantíssimo para o gerenciamento da empresa, pois permite ao gestor uma visão financeira completa. Mesmo sendo um requisito básico, o controle de contas a pagar e receber pode ser impreciso nas empresas, pois exige monitoramento constante. 

 O fluxo de caixa concentra informações como:

  • Quais os recursos disponíveis em caixa (o capital de giro) ao longo do ano, 
  • Condições para a realização de promoções para reduzir os estoques, 
  • Janelas de oportunidade de negociação de prazos de pagamento com fornecedores,
  • Previsão de recursos para investir em melhorias ou na expansão da empresa.

Como fazer a boa gestão do fluxo de caixa?

Em empresas de todos os portes a gestão do fluxo de caixa sempre é um desafio. Confira abaixo algumas dicas para fazer a melhor gestão deste controle financeiro independente do tamanho da sua empresa:

1. Esteja atento a sazonalidades e flutuações

Uma falsa sensação de regularidade na movimentação financeira ao longo do ano pode levar o gestor financeiro a desconsiderar fatores de sazonalidade e flutuações do negócio. É preciso planejar para o curto, o médio e o longo prazos.

Acompanhar o histórico do fluxo de caixa para identificar tendências sazonais permite ao gestor antecipar as variações financeiras e agir de forma adequada.

Exemplo: Custos fixos como aluguel e folha de pagamento devem ser registrados como despesas futuras recorrentes. Já as vendas a prazo devem ser contabilizadas nos meses correspondentes ao seu pagamento. 

Esta organização simples dá ao gestor uma visão antecipada da entrada e saída de recursos e, caso seja necessário, programar-se para captar no mercado recursos que auxiliem, por exemplo, no capital de giro. 

Uma opção de captação vantajosa no mercado é via antecipação de recebíveis.

2. Não descuide do capital de giro

Já explicamos aqui no blog o que é capital de giro e sua importância, mas não custa reforçar. 

Capital de giro é o montante de que o negócio necessita para realizar suas operações cotidianas. Isso inclui recursos necessários para:

  • Pagar fornecedores (compras de matéria-prima ou mercadorias que serão revendidas);
  • Manter os estoques de produtos e;
  • Oferecer opções de pagamento a prazo aos clientes. 

Em resumo, o cuidado com o capital de giro é importante para que a empresa consiga se manter saudável em suas atividades. Isso evita que ela passe por dificuldades na hora de honrar pagamentos. O capital de giro é imprescindível para a saúde financeira e para a manutenção do negócio. 

Mas atenção, ter uma grande reserva financeira parada para suprir o capital de giro e manter um fluxo de caixa “saudável” pode não ser a melhor ideia. Este volume de dinheiro inativo para utilização no curto prazo também significa que o recurso não está sendo investido e, portanto, não está rendendo juros. 

Como definir esta proporção? Somente a boa gestão do fluxo de caixa poderá dar esta resposta.

3. Transforme fornecedores e clientes em aliados

Esticar prazos de pagamento e encurtar os de recebimento é grande desafio dos empresários que querem fazer uma boa gestão do fluxo de caixa. Para isso, é fundamental ter um bom relacionamento com clientes e fornecedores.

Eles precisam ser seus aliados no crescimento do negócio. Promova o diálogo aberto com ambas partes e ofereça vantagens para incentivá-los. 

Exemplo: ofereça a eles soluções inteligentes de gerenciamento do fluxo de caixa. Eles podem estar passando pelo mesmo problema que o seu. 

Se você, por exemplo, antecipa seus recebíveis, indique esta solução para seus parceiros. Se eles conseguirem prazos melhores, você também conseguirá.

4.  Antecipe seus recebíveis

A antecipação de recebíveis vem se tornando cada mais comum entre os empresários.

Esse tipo de linha de recursos serve para acelerar a empresa financeiramente, viabilizando maior liquidez e otimizando seus recursos. É uma forma de obter o dinheiro por um custo muitas vezes menor do que os praticados via em empréstimos bancários ou do uso do rotativo do cartão de crédito ou do cheque especial.

A grande vantagem da antecipação, comparativamente com as outras linhas de crédito, é que o empresário não está pegando algo emprestado de alguém, mas sim usando um recurso que já é da empresa. 

Ele está simplesmente antecipando datas de recebimento. Por este motivo, os custos de antecipação são menores que os empréstimos convencionais das instituições financeiras tradicionais.

Conheça a antecipação na WEEL

A WEEL é uma fintech que utiliza inteligência artificial para financiar pequenas e médias empresas por meio da antecipação de recebíveis.

Oferecemos taxas personalizadas e analisamos o perfil da sua empresa em poucos minutos. Como somos 100% digitais, sua experiência conosco é fácil, segura e sem burocracias. Nossa missão é descomplicar o acesso de pequenas e médias empresas brasileiras a capital de giro, por meio do uso eficiente de tecnologia.

A Experiência WEEL é o caminho mais eficiente para otimizar seu fluxo de caixa. Veja como é simples e fácil:

Gostou das dicas? Então, compartilhe o artigo nas suas redes sociais. Não se esqueça de deixar um comentário com a sua opinião.