O que é desbancarização?

Desbancarizado é o termo atribuído a cada um dos 55 milhões de brasileiros (dados do IBGE) que não estão inseridos no segmento bancário. Eles correspondem à quase metade da população economicamente ativa, estimada em 110 milhões de pessoas, e movimentam R$ 665 bilhões ao ano.

A desbancarização não significa apenas que eles não possuem conta bancária, uma situação resultante, na maior parte das vezes, da falta de comprovação de rendimentos e excesso de burocracia. A sua consequência é, entre outras, a falta de acesso ao crédito.

Interessante notar que esse público não é formado apenas por integrantes das classes mais baixas da população: 6 milhões são pertencentes à classe alta; 29 milhões, à classe média; e 20 milhões à classe economicamente menos favorecida.

As novas empresas do segmento financeiro, as Fintechs, têm cumprido um papel importantíssimo na correção deste desvio, oferecendo caminhos alternativos aos oferecidos pelo segmento bancário tradicional.