O que é B2B e B2C?

É comum ver os termos B2B e B2C em textos sobre empreendedorismo e negócios. Ambos se referem à atividade-fim de uma empresa, ou seja, para quem ela vende seus produtos e serviços. É para o consumidor final ou para outras empresas? Ou é para alguém que vai revender os produtos? Em casos de empresas que têm pessoas como clientes, como por exemplo as lojas de calçados, de eletrônicos ou de roupas, ou escolas, chaveiros e manicures, chama-se de B2C (lê-se, em inglês, “bi to ci”, ou seja, business to client, que quer dizer  do “negócio para o cliente”). Caso a empresa venda para outra empresa, é chamado de um negócio B2B (lê-se, em inglês, “bi to bi”, ou seja, business to business, que quer dizer do “negócio para o negócio”). É o que fazem, por exemplo, fabricantes de peças para indústria automotiva ou financeiras que emprestam dinheiro a pequenas e médias companhias. Outra atividade-fim que tem crescido é a B2B2C (“bi to bi to ci”), ou seja, a venda indireta ao consumidor final. Por exemplo, a indústria de móveis que vende a um varejista (transação B2B), a qual revende ao consumidor final (B2C), seja em loja física ou online. A atividade-fim da empresa é importante porque ela define o seu modelo de negócio, qual estratégia de marketing deve seguir, além de determinar com quem vai se relacionar no mercado.