O que é e como fazer Antecipação de Recebíveis?

Contas a receber ou recebíveis representam o volume financeiro que uma empresa tem a receber pela venda de seus produtos e serviços. Na maioria das empresas, os recebíveis são executados por meio de um nota fiscal. 

O grande desafio do empresário é coordenar os prazos de recebimento das vendas com as necessidades diárias de recursos do negócio.

Muitas vezes as empresas fecham negócios com clientes grandes e que pedem prazos maiores para pagamento. Nestas situações, e para não recusar um grande cliente ou não atendê-lo completamente, a antecipação de recebíveis pode ser tornar um importante aliado.

Esse tipo de linha de recursos serve para acelerar a empresa financeiramente, viabilizando maior liquidez e otimizando seus recursos. É uma forma de obter o dinheiro por um custo muitas vezes menor do que os praticados via em empréstimos bancários ou do uso do rotativo do cartão de crédito ou do cheque especial.

Quais as vantagens da antecipação de recebíveis?

Segundo dados do Banco Central, somente em junho de 2019, os empresários brasileiros anteciparam R$ 35.259 bilhões, 20% a mais do que o registrado no mesmo período de 2018.

Esse aumento acontece num momento em que a população tem voltado a consumir e os empresários estão tomando mais crédito com o retorno do crescimento econômico.

Por isso, antes de tomar uma decisão precipitada e buscar linhas de crédito pré aprovadas, tais como o cartão de crédito da empresa ou fazer uso do cheque especial, é preciso olhar para o mercado e buscar custos menores. O crédito pré aprovado destas instituições tende a ser o mais caro.

A grande vantagem da antecipação, comparativamente com as outras linhas de crédito, é que o empresário não está pegando algo emprestado de alguém, mas sim usando um recurso que já é da empresa. Ele está simplesmente antecipando datas de recebimento.

Por este motivo, os custos de antecipação são menores que os empréstimos convencionais das instituições financeiras tradicionais.

Quem pode antecipar?

Empresas de todos os tamanhos, que têm o desafio de manter o fluxo de caixa saudável e que precisam de recursos à vista, mesmo vendendo a prazo.

O gestor financeiro pode recorrer à antecipação de recebíveis quando não tem capital de giro suficiente para manter as obrigações diárias do negócio.

Neste caso, o recurso cobre as despesas mais urgentes para que a empresa não interrompa a produção nem deixe de pagar fornecedores e funcionários. É o recurso que faz a empresa funcionar no dia a dia.

Alguns setores da economia que podem antecipar recebíveis:

  • Agronegócio
  • Indústria Metal Mecânica
  • Indústria química
  • Indústria de plásticos
  • Têxtil e confecção
  • Alimentos e bebidas
  • Metalúrgica
  • Plástico e embalagens
  • Autopeças / Automobilística
  • Máquinas e equipamentos
  • Indústria Gráfica
  • Química e farmacêutica

Qual a área responsável por antecipar recebíveis nas empresas?

Em geral esta tarefa fica a cargo do departamento financeiro, contabilidade ou controladoria.

Os profissionais envolvidos nesta tomada de decisões podem ser:

  • Gerente ou coordenador contábil fiscal 
  • Gerente ou coordenador de planejamento financeiro/controladoria
  • Gerente ou coordenador de finanças corporativas
  • Gerente ou coordenador de tesouraria/financeiro

Antecipação de recebíveis é empréstimo?

Não. As contas a receber são apresentadas no balanço como ativo. A antecipação de recebíveis é apenas uma, de uma série de operações contabilísticas que tratam da cobrança de um cliente.

Estes podem ser distinguidos dos títulos a receber, que são dívidas criadas através de instrumentos jurídicos formais chamados de notas promissórias.

Antecipar recebíveis é basicamente trocar recebíveis futuros (que sua empresa ainda vai receber) por dinheiro, aumentando a liquidez da empresa em troca de um pequeno percentual de desconto em cima do valor do recebível.

A empresa pode recorrer à antecipação de recebíveis quando é necessário capital para o caixa, evitando incorrer no pagamento de juros excessivos, no cheque especial e também em empréstimos.

Quais cuidados é preciso ter antes de antecipar?

O mais importante é escolher um parceiro de antecipação confiável e com bons custos. Alguns players deste mercado ainda utilizam velhas práticas como entrar em contato direto com os clientes das empresas que desejam antecipar. O objetivo é:

  • Verificar as informações de compra e venda;
  • Verificar se a mercadoria foi mesmo enviada;
  • Solicitar o envio do canhoto da nota fiscal
  • Visitar o endereço do cliente para checar a veracidade do endereço 
  • Cobrar o cliente em caso de inadimplência da empresa que antecipou

No mercado atual este tipo de procedimento é extremamente invasivo e gera desconfiança e desconforto por parte dos clientes. É preciso buscar parceiros financeiros que adotem novas maneiras de fazer esta checagem.

Para isso existem novos modelos de negócios que utilizam alta tecnologia para checar estas informações online – sem incomodar o cliente. Tais empresas que utilizam tecnologia para melhorar serviços do sistema financeiro são chamadas de Fintechs. Saiba mais sobre as vantagens da antecipação de recebíveis online aqui.

Conheça a antecipação na WEEL

A WEEL é uma fintech que utiliza inteligência artificial para financiar pequenas e médias empresas por meio da antecipação de recebíveis.

Oferecemos taxas personalizadas e analisamos o perfil da sua empresa em poucos minutos. Como somos 100% digitais, sua experiência conosco é fácil, segura e sem burocracias. Nossa missão é descomplicar o acesso de pequenas e médias empresas brasileiras a capital de giro, por meio do uso eficiente de tecnologia.

A Experiência WEEL é o caminho mais eficiente para otimizar seu fluxo de caixa. Veja como é simples e fácil:

Gostou das dicas? Então, compartilhe o artigo nas suas redes sociais. Não se esqueça de deixar um comentário com a sua opinião.