Veja 4 indicadores financeiros essenciais para a saúde da empresa

21 de agosto de 2018 | Gestão e empreendedorismo | Voltar

Veja 4 indicadores financeiros essenciais para a saúde da empresa

Não ter bons indicadores financeiros é como navegar sem uma bússola: os perigos são diversos e tudo pode acabar no naufrágio do seu negócio. Por esse motivo, é crucial conhecer os principais indicadores e monitorá-los com frequência.

Existe uma grande diversidade de KPIs, ou indicadores-chave de desempenho, como também são conhecidos. Alguns deles monitoram o lucro, outros a rentabilidade ou a liquidez do negócio. É preciso estabelecer um conjunto alinhado ao objetivo da empresa que proporcione uma visão clara ao gestor.

Quer saber quais são os principais indicadores financeiros e como acompanhá-los? Continue a leitura!

1. Taxa de liquidez

A liquidez indica a capacidade que um negócio tem de honrar suas dívidas. Para tanto, relaciona os ativos (montante a receber) e passivos (montante a pagar) de curto prazo. Sua fórmula é bastante simples, como mostrado a seguir.

Liquidez = ativos de curto prazo / passivos de curto prazo

Quando há um resultado igual a 1 ponto, é sinal de que existe um equilíbrio entre o montante a receber e a pagar. O perigo aparece quando o resultado é inferior a um ponto, indicando que o negócio tem menor liquidez e pouca capacidade de honrar as dívidas.

2. Crescimento anual

O objetivo de todo empresário ou gestor de negócio é vê-lo crescer continuamente, ano após ano. Além de motivo de orgulho, é uma oportunidade de gerar empregos. Para monitorar o crescimento, é preciso estar atento à evolução da receita. Confira:

Crescimento (em %) = (receita total do ano atual / receita total do ano anterior) / receita total do ano anterior x 100

Não existe uma taxa ideal para o crescimento. Quanto maior, melhor! É possível saber se está dentro, abaixo ou acima da média tomando como referência o percentual de crescimento do seu segmento ou do próprio PIB, o Produto Interno Bruto do país.

3. Lucratividade

Quando subtraídos todos os custos, gastos e despesas da receita, tem-se o lucro líquido, isto é, o valor financeiro final obtido da atividade empresarial. Um negócio lucrativo, além de atraente a novos investidores, é saudável. Entenda como calcular:

Lucratividade (em %) = lucro líquido / receita total x 100

Avalie se o lucro obtido está dentro ou abaixo do esperado. De qualquer forma, há três principais estratégias para aumentar o lucro: reduzir custos, aumentar os preços e ter maior eficiência operacional (ou melhor, produzir mais com os mesmos recursos).

4. Retorno sobre o investimento

Do inglês Return On Investment, geralmente é abreviado para ROI. Esse indicador ajuda a identificar o retorno financeiro obtido com determinado investimento — por exemplo, uma nova ação de marketing ou o lançamento de um produto. Entenda:

ROI (em%) = (retorno obtido – investimento inicial) / investimento inicial x 100

Não existe um padrão para o retorno sobre o investimento. Ele também pode ser usado para a análise preditiva de investimentos, avaliando se são ou não viáveis para a empresa e qual seria o seu retorno a curto, médio ou longo prazo.

Como é possível observar, há muitos indicadores que podem ser usados na  empresa para ajudar você a monitorar sua saúde financeira. Em posse dos dados certos, esses KPIs podem ser facilmente calculados e verificados pelo gestor.

Agora que está por dentro do assunto e conhece os principais indicadores financeiros, aproveite para nos seguir nas redes sociais — estamos no LinkedInFacebook e Instagram.

Autor

Escrito por agenciacanna

Content & SEO Manager da WEEL. Integrante do time de Marketing da nossa fintech, é um entusiasta do universo de gestão financeira B2B. Para parcerias entre blogs, envie um e-mail para rogerio.barros@weel.com

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comente
Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

Nova funcionalidade: importação automática de NF-e na plataforma de crédito para empresas da WEEL

08 / 12 / 2020 | Blog, Geral, Geral, Produto Separador

Índice do Conteúdo1 O que é a plataforma de crédito para empresas da WEEL?2 O que a sua empresa precisa para se cadastrar na plataforma da WEEL?3 Quais (...)

Leia Mais

Nova funcionalidade: importação automática de NFS-e na plataforma de crédito para empresas da WEEL

07 / 12 / 2020 | Blog, Geral, Geral, Parcerias, Produto Separador

Índice do Conteúdo1 O que é a plataforma de crédito para empresas da WEEL?2 O que a sua empresa precisa para se cadastrar na plataforma da WEEL?3 Quais (...)

Leia Mais
Pessoa pesquisando sobre o risco do golpe do empréstimo para pessoa física para saber como denunciá-lo.

Golpe do empréstimo para pessoa física ou jurídica: saiba o que é, como se prevenir e como denunciá-lo

27 / 10 / 2020 | Geral Separador

Se você está em busca de um empréstimo para pessoa física, é importante ficar alerta e saber se prevenir para não cair em golpes de crédito. Algumas empresas (...)

Leia Mais