Empréstimo com garantia: o que é, como funciona e quais são as 7 principais modalidades

24 de março de 2021 | Banco de palavras, Blog, Geral, Geral, Produto | Voltar

A preferência por captar crédito por meio dos empréstimos com garantias vem sendo cada vez mais frequente, seja por parte das pessoas físicas ou por parte das pessoas jurídicas. Além de ser um dos recursos de capital de terceiros mais tradicionais do mercado, suas modalidades variáveis permitem que seu público-alvo encontre melhores condições devido às diferentes possibilidades e ao uso de garantias. 

Muitas pessoas ainda não sabem que, ao colocar um bem como garantia para habilitar uma linha de empréstimo, esse crédito pessoal ou empresarial consequentemente fica mais em conta para o beneficiado em comparação às operações sem garantia.

Para ajudar você a entender o que é um empréstimo com garantia e quais são os principais tipos disponíveis do mercado, a WEEL – fintech de soluções inteligentes de crédito para empresas – preparou este conteúdo completo sobre esta operação de crédito. Leia os tópicos a seguir e tire suas dúvidas!



O que é um empréstimo com garantia? 

O empréstimo com garantia é uma tipo de recurso financeiro que consiste na oferta de alguma garantia em troca da liberação de uma linha de crédito com taxas de juros mais baixas em relação à concorrência, prazos maiores para pagar, carências mais atrativas e burocracias menores para aprovação e liberação. Assim como os empréstimos tradicionais, seu objetivo é dar o capital necessário para que empresas ou pessoas possam investir no desenvolvimento do seu negócio ou em seus objetivos pessoais. 

Essa garantia é um bem entregue à instituição financeira concedente para que, em caso de inadimplência por parte dos devedores, elas possam monetizá-los para se certificar de que haverá um retorno do valor dado como empréstimo. Ou seja, as instituições financeiras reduzem o risco de suas operações de crédito e fazem seus clientes seguirem à risca seus pagamentos e obrigações se não quiserem perder seus bens utilizados como garantia.

Existem diversos tipos de garantis que podem ser dadas para habilitar uma linha de empréstimo, continue lendo os tópicos a seguir e confira!

O que são essas modalidades de empréstimo com garantia? 

Para atender todas as demandas do mercado, o empréstimo com garantia foi evoluindo suas modalidades e ampliando as possibilidades tipos de garantia utilizáveis. A partir desta variedade e operações financeiras que funcionam via garantia, antes de captar um empréstimo é importante saber quais são todas as suas possibilidades e, após definir o tipo de garantia ideal para você ou para a sua empresa, compará-la às condições oferecidas pelos concorrentes.

Para que você entenda quais são os tipos de empréstimo com garantia, confira todas essas possibilidades nos tópicos a seguir:

  1. Empréstimo com garantia de recebíveis

O empréstimo com garantia de recebíveis é uma operação que utiliza as contas a receber de uma empresa para que esses negócios dos mais diversos setores do mercado possam habilitar linhas de crédito para investirem como quiserem. Esse tipo de empréstimo geralmente oferece taxas de juros mais atrativas. 

Enquanto esse empréstimo não for quitado, esses pagamentos a receber ou seja, os recebíveis não poderão ser utilizados pela empresa e ficam sob domínio da instituição financeira que concedeu o empréstimo.

No caso do empréstimo com garantia de recebíveis da WEEL, funciona da seguinte forma:

  1. A empresa acessa a plataforma da WEEL, envia os documentos necessários para análise e seleciona os recebíveis que deseja dar como garantia;
  2. Os recebíveis passam a ser considerados pela WEEL para que, em caso de inadimplência por parte da empresa, ela recebe os valores correspondentes a eles e não sofra com inadimplência;
  3. A WEEL analisa o perfil do seu negócio, faz a aprovação dos recebíveis e libera a linha de empréstimo para a sua empresa utilizar. 

    De acordo com a matéria publicada na Folha de São Paulo, a tomada de crédito com garantia de recebíveis está atraindo cada vez mais empresas que ainda não conseguiram retomar seu fluxo de caixa normal devido aos impactos da crise econômica da pandemia. Essa modalidade, portanto, se tornou uma das mais facilitadas devido à norma que entraria em vigor no dia 17 de março e foi adiada para 7 de junho para reduzir a trava bancária, implementada pelo Banco Central.

    Se você está em busca de um empréstimo para empresas com garantia de recebíveis, conheça o WEEL Giro® que está com linhas de até R$ 3 milhões, taxas de juros a partir de 1% ao mês, prazo de até 48 meses para pagar e 6 meses de carência. Clique no banner a seguir e tire suas dúvidas:

    1. Empréstimo com garantia de imóveis 

    Já empréstimo com garantia de imóvel, que também é conhecido como refinanciamento de imóvel ou home equity, se trata de modalidade financeira que utiliza uma propriedade que está no nome de quem está solicitando o crédito ou até em nome de terceiros. No Brasil, esta operação teve início no ano de 2006.

    No caso deste empréstimo com garantia de imóveis, funciona da seguinte forma: uma pessoa física ou jurídica seleciona um imóvel residencial, comercial ou até mesmo um terreno, entrega à instituição financeira como forma de garantia operacional e habilita uma linha de empréstimo equivalente à precificação dada ao bem por exemplo, limite de empréstimo correspondendo a 60% do valor total do imóvel – e, após liberação do crédito, pode utilizar este empréstimo para investir da forma que quiser. 

    Segundo dados do Branco Central, somente em 2020 essas operações com garantia de imóveis cresceram 26% em relação ao ano anterior, totalizando R$ 11 bilhões. Inclusive essa modalidade vem sendo cada vez mais utilizada pelos pequenos e médios empresários, seja para quitar suas dívidas com altos juros, investir no crescimento da sua empresa, fazer reformas ou investir em questões pessoais.

    1. Empréstimo com garantia de automóvel

    Talvez você não saiba, mas também é possível obter um empréstimo utilizando automóveis como garantia para esta operação. Também conhecido como refinanciamento de veículo, essa modalidade de empréstimo com garantia segue a mesma lógica explicada anteriormente mas, neste caso, o bem utilizado como garantia para liberação do crédito pode ser um carro, uma motocicleta ou outro tipo de automóvel.

    Este empréstimo funciona da seguinte forma: uma pessoa física ou jurídica entrega seu veículo à instituição financeira para captar um recurso é possível captar um recurso entre 50% e 90% do valor do veículo, por exemplo – e, após verificação, pode utilizar o valor definido como limite de acordo com as suas intenções pessoais ou as necessidades da empresa. Há restrições como qualquer uma das outras garantias, então é importante saber se o veículo precisa estar entre um período mínimo de fabricação, entre outros requisitos mínimos. 

    Assim como as apresentadas anteriormente, também tem como característica principal a oferta de taxas de juros já que, em caso de inadimplência, não há risco de inadimplência para a instituição financeira pois o valor será ressarcido pelo veículo. 

    1. Empréstimo com aval dos sócios

    O empréstimo com garantia via aval dos sócios é um dos menos populares e, portanto, menos conhecido do mercado. Ao realizar um aval, o sócio em questão ficará responsável por quitar o valor do título de crédito em inadimplência para a instituição financeira.

    Antes de oferecer qualquer garantia para o empréstimo é indispensável que o sócio ou administrador tenha ciência do que está acontecendo e quais são as implicações. Por exemplo, ao se responsabilizar pelo débito deste empréstimo com aval dos sócios, essa figura precisará responder com seus bens pessoais em igualdade de condições com a empresa avalizada, seu patrimônio. 

    1. Empréstimo com garantia de salário

    Agora o empréstimo com garantia de salário, também popularmente conhecido como empréstimo consignado, é mais direcionado às pessoas físicas, sendo uma solução muito implementada por setores de RH ou financeiros das empresas. Utilizando esse tipo de garantia, a operação está totalmente ligada e será descontada do contracheque, holerite ou contribuição para o INSS.

    Essa operação de empréstimo é muito mais recorrente para o público de pessoas físicas, especialmente servidores públicos, aposentados ou pessoas que têm uma confiabilidade alta em relação à sua remuneração financeira. 

    1. Empréstimo com garantia de celular

    O empréstimo com garantia de celular, aparelhos móveis, também é uma modalidade pouco conhecida. Assim como o empréstimo consignado, é mais direcionado às pessoas físicas e, apesar de terem poucas instituições financeiras disponibilizando este tipo de operação, está tem um potencial de se tornar cada vez mais popular no Brasil. 

    O valor deste crédito é o mais baixo entre todas as modalidades de empréstimo com garantia e varia de acordo com o tipo de aparelho móvel entregue como garantia da operação. Geralmente os empréstimos ficam entre R$ 300,00 a R$ 4.000,00. Se a pessoa que captou o empréstimo não quitar sua dívida com a instituição financeira, o celular utilizado como garantia é bloqueado, inabilitado para uso. 

    1. Empréstimo com garantia de jóias

    Também mais direcionado para pessoas físicas, o empréstimo com garantia de jóias é a modalidade menos comum entre as opções de empréstimos do mercado. Existem algumas instituições financeiras que ainda fazem empréstimos a partir do penhor de jóias.

    A Caixa Econômica Federal é uma das poucas instituições do país que ainda aceitam este tipo de garantia em seus empréstimos. Utilizando-a, já foi possível reduzir os juros de 2,10% para 1,99% na modalidade tradicional. A crise econômica e o aumento do desemprego causou um aumento pela procura e tornou essa garantia mais atrativas para os brasileiros em 2018.

    Fintechs são as melhores opções em empréstimo com garantia

    As burocracias para liberação, taxas de juros altas, linhas de crédito pouco atrativas e outros pontos negativos são características das operações financeiras tradicionais do mercado. Pensando nisso, as fintechs de crédito – apesar de ainda serem pouco conhecidas em comparação aos grandes bancos já consolidados, por exemplo –, startups que vêm inovando os serviços financeiros por meio da tecnologia e entregando soluções como o empréstimo com garantia mais atrativas ao mercado com condições personalizadas e atrativas.

    Segundo uma matéria da The Shifts, com o crescente número de aportes em fintechs de crédito desde então, a tendência é que o segmento movimente ainda mais capital em 2021. Se você é uma pessoa física ou pessoa jurídica e quer uma parceira financeira melhor para pôr seus objetivos em prática em tempo hábil ou equilibrar o fluxo de caixa da sua empresa

    Além de oferecer melhores condições – taxas de juros mais atrativas, linhas mais altas, prazos de pagamento alongados, entre outras –, as fintechs têm análises de crédito mais rápidas, operações que funcionam de forma 100% digital, mais agilidade para liberar recursos e maior facilidade de personalizar suas condições de acordo com o perfil de cada cliente. 


    Nosso artigo sobre empréstimo com garantia te ajudou a entender melhor este assunto? Lembre-se de compartilhar com mais pessoas que podem estar em dúvida sobre qual modalidade de empréstimo com garantia escolher e, se ainda tiver alguma dúvida sobre este tema, comente aqui embaixo. Nós queremos te ouvir.

    Para entrar em contato com os especialistas financeiros da WEEL, envie um e-mail para suporte@weel.com, ligue para +55 11 3198-5196, fale em tempo real pelo nosso chat ou envie uma mensagem utilizando a nossa página de contato. Estamos à sua disposição!

    Autor

    Escrito por Rogério Barros

    Content & SEO Manager da WEEL. Integrante do time de Marketing da nossa fintech, é um entusiasta do universo de gestão financeira B2B. Para parcerias entre blogs, envie um e-mail para rogerio.barros@weel.com

    Inscreva-se
    Notificar de
    guest
    0 Comente
    Feedbacks
    Ver todos os comentários

    Artigos relacionados

    Cessão de Crédito: saiba o que é, por que fazer, quais são os benefícios, passo a passo e legislação

    01 / 03 / 2021 | Banco de palavras, Blog, Geral, Geral Separador

    Índice do Conteúdo1 O que é Cessão de Crédito? 1.1 Exemplo de Cessão de Crédito2 Por que fazer uma Cessão de Crédito? 2.1 Benefícios da Cessão de Crédito3 Passo a (...)

    Leia Mais

    Vendor Finance e Compror Finance: o que são, como funcionam e quais são as diferenças?

    18 / 01 / 2021 | Banco de palavras, Blog, Geral, Geral, Produto Separador

    Índice do Conteúdo1 O que é Vendor Finance?1.1 Ainda não entendeu como o Vendor Finance funciona?1.2 Vantagens do Vendor Finance1.3 Exemplo de operação de Vendor Finance2 O que (...)

    Leia Mais

    Significado de Broker: o que é, em quais áreas atuam e quais são as parcerias do mercado financeiro?

    09 / 12 / 2020 | Blog, Dicas, Geral, Geral, Parcerias Separador

    Índice do Conteúdo1 Significado de Broker 2 Mas o que é um Broker? 2.1 1. Brokers para instituições financeiras2.2 2. Brokers de investimentos2.3 4. Brokers imobiliários 2.4 5. Brokers de (...)

    Leia Mais