Antecipação de recebíveis online: o que analisar para ter segurança?

24 de maio de 2018 | Dicas, Gestão e empreendedorismo | Voltar

Antecipação de recebíveis online – uma nova solução com foco em PMEs.

Antecipação de recebíveis – O Banco Central mostra que este recurso está em alto crescimento. Somente no ano de 2017 a movimentação das operações chega à casa de 16 bilhões de reais (fonte: Exame – Editora Abril). Isso advém do momento específico que a população retoma o consumo e empresários têm tomado mais crédito com este crescimento econômico.

Em um momento de retomada da economia, onde encontram-se diversos administradores tomando fôlego, a WEEL tem a missão de auxiliar pequenos e médios empresários a manterem seu fluxo de caixa positivo e terem mais tranquilidade para tocar o negócio.

Pouco tempo atrás, as opções de antecipação eram por meios bastante conhecidos: grandes bancos ou factorings que demandam grandes burocracias. Algo muito demorado para o mundo digital de hoje. Sem contar as altas taxas cobradas.

Graças a WEEL este segmento mudou. Agora é possível analisar e enviar os documentos de maneira 100% digital. A WEEL desenvolveu algoritmos que avaliam os riscos de cada cliente, o que permite a empresa oferecer uma taxa individualizada de juro, mais acessível em relação aos concorrentes. Esta análise traz maior facilidade e segurança aos gestores. Outro ponto que reforça a confiança é a demonstração clara da taxa cobrada pela fintech. Na WEEL, as taxas se apresentam no sistema logo à frente do valor operacional (verifique também o conteúdo “Simulador de antecipação de recebíveis: a importância de simular antes de resgatar.”).

Destaque da taxa relacionada à antecipação.

Isso garante que o empresário tenha total conhecimento do valor a ser cobrado pela operação, garantindo assim a possibilidade de análise e escolha pela antecipação daquela determinada nota fiscal.

Planos e futuro.

A WEEL é uma multinacional com escritório em Israel. Chega ao Brasil para ser uma solução no segmento de antecipação de recebíveis. Seus planos consistem na expansão rápida em mercado nacional. Hoje, a fintech conta com 43 funcionários distribuídos nos escritórios de São Paulo e Tel Aviv (Israel). A empresa já viu R$ 5.6 bilhões em recebíveis liquidados em mais de 1.6 milhão de duplicatas pagas, sendo que mais de 258 mil empresas passaram pela plataforma. Para o futuro, a WEEL vai investir cada vez mais na área que define como “customer success”, para apoiar o aumento de eficiência de seus clientes no controle de fluxo de caixa de suas empresas, prestando serviços de educação financeira para a categoria de pequenas e médias empresas do país.

Quer saber mais sobre temas e assuntos financeiros? Acesse nosso blog e fique por dentro!

Autor

Escrito por agenciacanna

Content & SEO Manager da WEEL. Integrante do time de Marketing da nossa fintech, é um entusiasta do universo de gestão financeira B2B. Para parcerias entre blogs, envie um e-mail para rogerio.barros@weel.com

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comente
Feedbacks
Ver todos os comentários

Artigos relacionados

Significado de Broker: o que é, em quais áreas atuam e quais são as parcerias do mercado financeiro?

09 / 12 / 2020 | Blog, Dicas, Geral, Geral, Parcerias Separador

Índice do Conteúdo1 Significado de Broker 2 Mas o que é um Broker? 2.1 1. Brokers para instituições financeiras2.2 2. Brokers de investimentos2.3 4. Brokers imobiliários 2.4 5. Brokers de (...)

Leia Mais

Nova funcionalidade: importação automática de NF-e na plataforma de crédito para empresas da WEEL

08 / 12 / 2020 | Blog, Geral, Geral, Produto Separador

Índice do Conteúdo1 O que é a plataforma de crédito para empresas da WEEL?2 O que a sua empresa precisa para se cadastrar na plataforma da WEEL?3 Quais (...)

Leia Mais

Nova funcionalidade: importação automática de NFS-e na plataforma de crédito para empresas da WEEL

07 / 12 / 2020 | Blog, Geral, Geral, Parcerias, Produto Separador

Índice do Conteúdo1 O que é a plataforma de crédito para empresas da WEEL?2 O que a sua empresa precisa para se cadastrar na plataforma da WEEL?3 Quais (...)

Leia Mais