Antecipação e invista com seus próprios recursos 

Como você deve saber, a antecipação de recebíveis sempre foi uma prática comum no mercado brasileiro, muito embora carregue ainda um estigma que não lhe cabe: o de ser destinado a empresas problemáticas.

Hoje em dia, muitos gestores já entenderam que essa operação financeira  é, na verdade, uma solução usada para criar oportunidades de investimentos e melhorar negociações com os clientes.

A antecipação é feita por meio de empresas terceirizadas que adiantam o montante de recebíveis a vencer. Ou seja, você antecipa valores que já são seus sem precisar esperar pelo prazo de pagamento do boleto. É um excelente  alternativa para momentos em que você precisa levantar recursos em curtos prazos, com pouca burocracia e com custos menores do que operações de empréstimos convencionais. Por esse motivo, é uma opção funcional e vantajosa. Para entender melhor como funciona a antecipação de recebíveis, continue a leitura.

Por que fazer a antecipação de recebíveis?

Embora os talões de cheques sejam usados em uma escala bem menor do que há alguns anos, existem empresas que ainda os utilizam para pagamentos pré-datados — e essa alternativa é tão vantajosa quanto no caso dos recebíveis. Ainda existem empresas, denominadas factorings, que operam com talões de cheques. As modernas Fintechs, no entanto, em especial as digitais, trabalham apenas com duplicatas, oferecendo resposta quase imediata à solicitação da antecipação (e tudo é feito de forma automatizada).

Um dos principais benefícios de antecipar recebíveis são os custos mais acessíveis. Um empréstimo bancário, por exemplo, deixaria a empresa sujeita a um compromisso que duraria meses (ou até anos), além dos altos juros que incidem sobre a modalidade. No caso da antecipação de recebíveis, a taxa única é paga no ato da antecipação, o que permite desonerar a empresa do comprometimento com parcelas mensais e traz grande economia à operação.

A antecipação não serve apenas para cobrir eventuais falhas no fluxo de caixa. Abre, na verdade, novas oportunidades para as empresas de aproveitar promoções pontuais de seus fornecedores, ou ainda adquirir matéria-prima para atender a uma demanda urgente. Com isso, você não perde oportunidades, mantém as contas em dia e ainda conta com alguns recursos extras para investir em melhorias na sua empresa, sem entrar em dívidas.

Empresas que trabalham com linhas de crédito e com antecipação de recebíveis sempre realizam uma avaliação do perfil do cliente antes de validar a operação. Nesse caso, um dos fatores que é considerado envolve o histórico  e o comportamento financeiro do solicitante.

Ao realizar empréstimos bancários ou usar o cartão de crédito e o cheque especial, a empresa se expõe a altas taxas de juros, o que não acontece no caso da antecipação. Afinal, o montante obtido diz respeito ao faturamento da própria empresa.

Não se trata de um valor emprestado, mas apenas uma quantia antecipada: o montante é recebido em troca do valor de faturas emitidas pela empresa. Só essa questão já representa uma vantagem com relação às outras alternativas.

Os prazos para liberação do recurso também são menores — no caso de Fintechs como a WEEL, é realizado no mesmo dia da operação –, ajudando o departamento financeiro a manter um fluxo mais equilibrado de entradas e saídas. Essa agilidade também facilita a ação da empresa em situações nas quais o valor antecipado destina-se à solução de urgências e imprevistos.

Que cuidados tomar em relação à antecipação de recebíveis?

Ainda que se trate de uma alternativa vantajosa em relação a opções de crédito disponíveis no mercado, é necessário ter clareza do fluxo de caixa da empresa. Antecipar recursos e utilizá-los sem um planejamento adequado pode fazer com que o negócio enfrente problemas financeiros em um futuro próximo. Com um estudo de entradas e saídas, é possível determinar quanto e quando antecipar, sem provocar nenhum desgaste ao fluxo da empresa.

Além disso, antes de recorrer a essa alternativa, você precisa realizar um bom planejamento financeiro. O melhor a fazer é construir uma projeção de valores, nos quais a taxa descontada possa ser comparada às vantagens obtidas. Com essa informação, a empresa pode investir com maior segurança, usando de forma inteligente o recurso antecipado. Isso é fundamental para que a antecipação realmente seja vantajosa.

Afinal, como funciona a antecipação de recebíveis?

O mercado financeiro oferece duas modalidades principais de antecipação: a de recebíveis e a de cheques. Saiba a seguir qual a diferença entre eles.

Antecipação de recebíveis

A antecipação de recebíveis é aquela em que uma empresa terceira (banco, factoring ou fintech) adianta o valor referente a faturas já emitidas. A grande vantagem é que os recursos ficam disponíveis imediatamente, sem que seja necessário aguardar as datas em que esses recebíveis venceriam. Quando o cliente realiza o pagamento, o valor correspondente é diretamente destinado à empresa que realizou a antecipação.

Antecipação de cheques

Algumas empresas ainda recebem o pagamento de clientes em cheques pré-datados. Embora não se trate de um produto bancário muito utilizado atualmente, não o aceitar pode significar a perda de negócios importantes, especialmente no caso de pequenas e médias empresas. A boa notícia é que, assim como os recebíveis, os cheques também podem ser antecipados. As normas para tal procedimento são as mesmas. Importante ressaltar, no entanto, que Fintechs (empresas de alta tecnologia) não antecipam cheques.

Quais são as taxas incidentes sobre essa operação?

As taxas para antecipação de recebíveis são menores quando comparadas àquelas que incidem sobre empréstimos e cheque especial. Apesar disso, é importante conhecer de que forma esses encargos são calculados. Vale lembrar também que os valores variam de acordo com os prazos de vencimento e com o histórico financeiro das empresas envolvidas. Não existe uma tabela no mercado que determine um custo fixo para a operação, pois a taxa será calculada de acordo com seu risco (empresas mais sólidas recebem taxas menores).

Como se pôde ver, a antecipação de recebíveis é uma operação que traz diversos benefícios ao fluxo de caixa da sua empresa. Muitos gestores, dos mais diversos segmentos, já vêm recorrendo a ela como forma de obter recursos para fazer investimentos e implementar ações para o crescimento do negócio. Basta analisar, informar-se e utilizar tal recurso com consciência e de acordo com a sua necessidade.

Se você acredita que a antecipação de recebíveis representa uma boa solução para a sua empresa, entre em contato conosco e conheça nossos serviços.